Fale conosco

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Gota D'água
06.02.2019
Barragens de Jacobina e Itagibá espalham pavor em moradores e prefeitos da região

Tida como a represa de maior risco da Bahia, a barragem de rejeitos da mineradora em Jacobina (mina de ouro) virou motivo de temor para moradores do município desde a tragédia de Mariana, em 2015, e esse quadro piorou com o rompimento da barragem em Brumadinho, no último dia 25. Ela fica cerca de 9 quilômetros afastada da cidade, mas está cerca de 500 metros acima do nível da sede municipal. Uma segunda barragem da mineradora estaria desativada.

O gerente da mineradora Yamana Golden, Sandro Magalhães, afastou o risco de um acidente, mas o prefeito Luciano Pinheiro destacou que o município deve investir R$ 1,5 milhão para instalar sirenes para evacuação, em caso de risco.

Também com receio de um acidente, na semana passada prefeitos do Médio Rio de Contas fizeram uma reunião em Barra do Rocha para discutir a situação da mina de níquel que funciona em Itagibá. Firmaram um pacto para que a Prefeitura de Itagibá só renove o alvará de funcionamento da mina depois que a empresa entregar todos os laudos ambientais indicando que a barragem não oferece risco.
Também decidiram formar um conselho para fiscalizar a mineração e enviaram carta ao governador Rui Costa colocando a preocupação e pedindo uma posição. Da reunião participaram os prefeitos de Barra do Rocha, Itagibá, Ipiaú, Ubatã, Ubaitaba, Aurelino Leal, Itagibá, Gongogi e Itacaré, além de ambientalistas e lideranças territoriais

CUT DIEESE FNU
Nosso endereço:
Rua General Labatut, Nº 65, Barris, Salvador - Bahia - Brasil.
CEP.: 40070-100 - Tel.: *71 - 3111-1700* - Fax.: 71 3013-6913 secretaria@sindae-ba.org.br
Viewnet