Fale conosco

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Gota D'água
07.07.2018
Sonho realizado: Barragem do Colônia é inaugurada e prefeito ainda pretende privatizar a água

Do sonho à realidade: pelo menos por muito tempo os municípios de Itabuna e região não passarão o sufoco de dois anos atrás, quando uma crise hídrica, devido à forte escassez de chuva, deixou a população em pânico e sofrendo racionamento de água. Na última quarta (4) o governador Rui Costa inaugurou a Barragem do Rio Colônia, no município de Itapé, uma obra feita a toque de caixa (por causa da crise) e que representou um investimento de R$ 111 milhões. Espera-se que o rio que leva o mesmo nome corra todo o seu percurso com a regularidade que não vinha tendo há décadas.

A crise no abastecimento de água vivida por Itabuna e municípios vizinhos, cujo ápice foi em 2016, levou a população a sofrer racionamento, conviver com o abastecimento através de carros pipa e beber salobra. Crise que só encontrou paralelo na vivida nos meados dos anos 90. A crise provocou forte reflexo na economia regional, incluindo a empresa de saneamento, que teve queda brusca de arrecadação.

A barragem é de extrema importância para Itabuna e região e pode acumular até 65 milhões de metros cúbicos de água, o que, segundo estimativas, garantirá até 2 anos sem reposição. Vale lembrar que a obra foi realizada pela Embasa, empresa que lutou para tomar de volta os serviços de saneamento básico durante a gestão municipal passada, que ameaçava entregar a empresa local para a iniciativa privada. A luta contra a privatização da água mobilizou o Sindae, trabalhadores (as) de várias categorias, organizações da sociedade civil, estudantes e o Ministério Público.

Mas como quem não quer nada, mas querendo tudo, o prefeito Fernando Gomes vem dando demonstrações de pretender privatizar a água, pretensão que teve no passado, mas que foi contida pela luta social. Agora, feita a principal obra de saneamento para toda a região, um investimento que nenhuma empresa privada iria fazer, a tentativa de privatizar a água é um desrespeito à população.

Durante sua passagem pela região, o governador Rui Costa também autorizou melhorias na ETA de Itapé, convênio com o Consórcio Público Intermunicipal da Mata Atlântica e protocolo de adesão de municípios com a Agência Reguladora de Saneamento (Agersa) visando a elaboração e implantação dos planos municipais de saneamento básico. O investimento é de R$ 2,2 milhões.

CUT DIEESE FNU
Nosso endereço:
Rua General Labatut, Nº 65, Barris, Salvador - Bahia - Brasil.
CEP.: 40070-100 - Tel.: *71 - 3111-1700* - Fax.: 71 3013-6913 secretaria@sindae-ba.org.br
Viewnet