Fale conosco

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Baixe o Gota D'água
Gota D'água
30.10.2017
Trabalhadores (as) da CERB cobram a retomada das negociações do acordo coletivo e melhores condições de trabalho

A categoria na CERB vem cobrando desfecho da campanha salarial referente aos anos de 2016 e 2017. O caso mais antigo (2016) encontra-se em tramitação na Justiça do Trabalho (Tribunal Superior do Trabalho - TST) que está sendo acompanhado pelo jurídico do Sindicato.

Já o acordo de 2017, a direção do Sindicato enviou ofício na semana passada para a direção da CERB, cobrando retomada das negociações. Caso a situação gere novo impasse, convocaremos a categoria para deliberar sobre o assunto.

FOTO - CRÉDITO: Acervo Sindae

Na semana passada estivemos mais uma vez com os (as) trabalhadores (as) na CERB de Feira de Santana e muitos foram os questionamentos sobre a real situação econômica, financeira e política da empresa. Enquanto a empresa (“governo”) alega estar sem dinheiro, as nomeações de cargos comissionados acontecem com muita frequência. Com essas ações a empresa já virou um verdadeiro loteamento partidário do estado.

Por outro lado, a compra de equipamentos na oficina também foi pauta dos questionamentos feitos pelos trabalhadores. “Como pode a empresa dizer que não tem condições de dar aumento aos seus empregados e compra um Torno Mecânico no valor aproximado de R$ 250 mil para deixar parado, sem utilidade, até então?”, conclui trabalhador que preferiu não se identificar.

O governador do estado, Rui Costa, ano passado lançou o desafio de que a empresa deveria construir 800 sistemas até o final de 2017. Só que o governador precisa saber que para cumprir as metas são necessários alguns pré-requisitos tais como, condições de trabalho, investimentos, reparação salarial entre outros itens que vão contribuir para a satisfação dos (as) trabalhadores (as). Não faltam reclamações a exemplo dos valores de diárias. Difícil com pouco mais de R$ 80,00 o (a) trabalhador (a) encontrar um local decente para passar uma noite e ainda ter que custear demais gastos quando está longe do seu lar.

A direção do Sindicato vai continuar cobrando do governo e da direção da empresa um posicionamento sobre todos os assuntos em pauta na categoria e daremos informações sempre que houver novidades em nosso informativo.

CUT DIEESE FNU
Nosso endereço:
Rua General Labatut, Nº 65, Barris, Salvador - Bahia - Brasil.
CEP.: 40070-100 - Tel.: *71 - 3111-1700* - Fax.: 71 3013-6913 secretaria@sindae-ba.org.br
Viewnet