Gota D'água

Aberto processo eleitoral para representante da categoria no Conselho de Administração da Embasa

16/03/2020

A diretoria da Embasa abriu o processo eleitoral para escolha do (da) representante dos (das) trabalhadores (as) no Conselho de Administração da empresa, no período 2020 a 2022. Na semana passada foi nomeada a comissão que comandará a eleição, divulgado o cronograma e regulamento, assim como critérios e datas de inscrição e de votação. 

A eleição do (da) representante dos (das) empregados (as) é de fundamental importância, sendo uma das grandes conquistas da categoria. Afinal, é no Conselho de Administração onde são tomadas decisões estratégicas que impactam na vida de trabalhadores (as) e da própria empresa, com efeitos sobre o presente e futuro de ambas as partes.

Vale salientar que estamos num momento delicado e que está em jogo o tipo de gestão do saneamento básico, se de cunho social, como se dá hoje, voltado para atender toda a população, ou mercantilista, privatista, privilegiando a população mais rica em detrimento da mais pobre e transformando a água numa fonte de lucro, pagando dividendos a acionistas. Tanto o governador da Bahia fala em abrir o capital da Embasa e criar novas parcerias público-privadas, quanto o governo federal tem projeto que privatiza geral o saneamento no país, acabando com as empresas públicas e autarquias. 

O engajamento da categoria deve ser imediato e maciço. O período de inscrição de candidatos (as) teve início no último dia 12 e se estende até a próxima sexta (20). A votação está marcada para os dias 7 e 8 de abril, com apuração do resultado no dia seguinte. 

A Comissão Eleitoral nomeada pela direção da empresa está composta pelos companheiros Victor Mota Calmon de Siqueira, presidente, mais Roberson Luiz Araújo Silva, pela representação da Embasa, e Grigório Maurício dos Santos Rocha, pela representação da categoria, ele que também é o atual coordenador do Sindicato.

Serão instaladas seções eleitorais no CAB, Alphaville, Rio Vermelho, Almoxarifado do Cabula, unidades da Região Metropolitana, unidades do interior e escritórios locais. Só podem se candidatar e votar empregados (as) ativos da empresa.

Hoje, o cargo de representante da categoria no Conselho de Administração é exercido pelo companheiro Abelardo de Oliveira Filho, engenheiro sanitarista, ex-diretor do Sindae e ex-presidente da Embasa. Ele tem feito um excelente trabalho de assessoria à Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental em defesa da tese da classe trabalhadora contra o projeto do governo federal (que está tramitando no Congresso Nacional), cujo objetivo é privatizar o saneamento no Brasil.