Gota D'água

Urbanitários (as) ganham confederação esta semana

17/12/2019

Mais uma entidade vai surgir esta semana para reforçar a luta pelo saneamento ambiental público, eficiente e universal: é a Confederação Nacional dos Urbanitários (CNU), que também terá a missão de defender a classe trabalhadora que atua nos setores de energia elétrica, gás e meio ambiente. A entidade será oficialmente criada em assembleia marcada para a próxima quinta (19), no Sindicato dos Urbanitários de Brasília. A criação dela cumpre resolução de congresso nacional da categoria realizado em 2015, com a participação de 40 sindicatos de todo o país.

“A Confederação é um sonho dos urbanitários há mais de 10 anos, um projeto de organização para enfrentar os novos desafios. Será a estrutura única nacional dos urbanitários e que nos dará energia e água suficiente para enfrentar as lutas futuras”, explica Paulo de Tarso, eleito primeiro presidente da CNU no congresso de 2015.

A constituição da CNU se tornou possível após a fundação de três federações: a Federação Nacional dos Urbanitários (FNU), Federação Regional dos Urbanitários do Nordeste (FRUNE) e a Federação Interestadual dos Trabalhadores Urbanitários de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Distrito Federal (FURCEN).