Gota D'água

TOMENota: Planos de saneamento

17/12/2019

Com apoio do governo estadual, mais quatro municípios vão iniciar a elaboração dos planos municipais de saneamento básico, uma exigência da Lei Nacional de Saneamento (Lei 11.445/2007). São eles: Caetité, Guanambi, Jequié e Macaúbas. Os planos devem ser feitos com ampla participação social e visando a universalização dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário.

Saae de Curaçá
O Sindicato voltou a enviar ofícios, semana passada, para o gestor do Saae, a presidência da Câmara de Vereadores e o prefeito de Curaçá. O objetivo continua o mesmo: cobrar explicações para a não aplicação das promoções aos (às) empregados (as) previstas no plano de cargos e salários. Até o fechamento do boletim não foi dada resposta. O plano de cargos foi aprovado mediante lei municipal.

Saae de Itajuípe
O susto com a crise hídrica enfrentada pela região algum tempo atrás agora cedeu espaço para mais tranquilidade à população de Itajuípe, na região Sul da Bahia, após a entrega da reforma da barragem utilizada para o abastecimento da população local. Ela vai garantir o suprimento de água nos próximos anos, garantindo mais tranquilidade ao trabalho do Saae.

Cotas ameaçadas
Mais uma na conta dos retrocessos que avançam no país: na semana em que se comemorou o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, 3 de dezembro, o governo Bolsonaro encaminhou ao Congresso um projeto de lei que praticamente acaba com a política de cotas para pessoas com deficiência ou reabilitadas. Em vez de contratar, bastaria às empresas pagar um valor mensal equivalente a dois salários mínimos.

Homenagem a Moa
Assassinado em 2018, vítima da onda de ódio político que passou a dominar o país, o capoeirista e produtor cultural Moa do Katendê ganhou um monumento no Dique do Tororó. É um grande berimbau, instrumento que deu vida e voz ao grande mestre e liderança negra que morava naquela área. A inauguração do monumento foi um dos últimos atos do Novembro Negro em Salvador.

Velho Chico
Quem perdeu o lançamento do filme “Saúde! Velho Chico” na semana passada, no Cine Glauber Rocha, poderá assistí-lo dias 23 deste mês e primeiro de janeiro na TVE. Ele analisa a situação atual do rio com a encontrada em 1912, por uma expedição feita pelos cientistas Adolpho Lutz e Astrogildo Machado para investigar as condições de saúde dos ribeirinhos. Fazem um paralelo das condições e provocam a reflexão de como melhorar a situação.

Rede de acolhimento
Professores e servidores das universidades federal e estadual começaram a organizar, no Campus da Ufba em Ondina, um programa de acolhimento humanitário para refugiados e migrantes na Bahia. Querem garantir proteção, inclusive contra trabalho análogo ao de escravo. Inscrição de interessados em colaborar com o programa podem fazer contato pelo site: http://abre.ai/acolher.

Estiagem avança
Nem mesmo o fato de ser banhado pelo Rio Corrente, afluente do São Francisco, impede que o município de Sítio do Mato conviva desde já com os graves efeitos da estiagem. O governo do estado acaba de reconhecer situação de emergência, liberando a prefeitura para contratar serviços e aliviar o sofrimento da comunidade. Com Sítio do Mato, a Bahia passa a ter 204 municípios em situação de emergência – e o verão só começa no final deste mês.

Fogo preocupa
Além da estiagem, a região Oeste nem bem chegou o verão e já deixa grande preocupação com incêndios nas matas e nascentes de rios. Semana passada o fogo queimou a vegetação na Serra da Bandeira, em Barreiras. O que chama atenção é que dezembro não costuma ter queimadas na região. O sinal de alerta foi ligado bem mais cedo...