Gota D'água

Negociação retomada: Embasa pode fazer nova proposta de acordo esta semana

30/09/2019

Negociação retomada: Embasa pode fazer nova proposta de acordo esta semana
FOTO: MANOEL PORTO

Depois da intensa mobilização da categoria, valeu a luta para que as negociações do acordo coletivo fossem retomadas com a diretoria da Embasa e não apenas com um advogado contratado por ela. Assim, as reuniões foram reiniciadas na última sexta (27) e a empresa acenou com a possibilidade de fazer uma nova proposta de acordo, o que pode acontecer no próximo encontro.

A nova negociação pode acontecer nesta quarta (2) e nela ser apresentada uma proposta global do acordo coletivo. Na última sexta, com o diretor financeiro Dilemar Matos e o advogado Dagoberto Pamponet, o Sindicato propôs um acordo com duração de dois anos, com reajuste em todas as cláusulas econômicas, mais R$ 39,00 no tíquete alimentação, e a manutenção da comissão do plano de saúde.

A Embasa voltou a insistir que a implantação do modelo de coparticipação no plano de saúde é uma posição de governo. Em relação a isso, o Sindicato adiantou que a discussão deve passar por alguns critérios, como a melhoria das condições de saúde e trabalho, a melhoria do próprio plano (ampliação da rede, mais procedimentos etc) e redução no custo unitário para o (a) trabalhador (a). Como tem sido informado, o plano de saúde é o principal gargalo nas negociações do novo acordo coletivo.

O recomeço das negociações aconteceu após manifestações e a passeata que a categoria realizou no último dia 13, em conjunto com a Cerb. Logo depois, no último dia 24, houve reunião com o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Leonardo Góes, o chefe de gabinete da Secretaria de Relações Institucionais, Jonival Lucas Júnior, o presidente da Cerb, Antônio de Matos, o diretor Financeiro e o advogado representante da Embasa, Dilemar Matos e Dagoberto Pamponet. Nesse encontro ficou decidido que os dirigentes das empresas deveriam estar presentes nas negociações com o Sindicato.