Gota D'água

Governo, Embasa e Cerb voltam às negociações. Nesta sexta tem nova reunião

24/09/2019

Governo, Embasa e Cerb voltam às negociações. Nesta sexta tem nova reunião
Reunião na SIHS. Foto: Edmilson Barbosa

 

Após reunião nesta terça (24) com o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Leonardo Góes, o chefe de gabinete da Secretaria de Relações Institucionais, Jonival Lucas Júnior, o presidente da Cerb, Antônio de Matos, o diretor Financeiro e o advogado representante da Embasa, Dilemar Matos e Dagoberto Pamponet, respectivamente, houve a retomada das negociações com a Embasa e a Cerb. É fruto das últimas mobilizações da categoria, entre elas a passeata conjunta dos trabalhadores (as) dessas empresas até a Governadoria no último dia 13.

A princípio, a reunião pode ser considerada positiva, e outras estão sendo marcadas já para sexta (27) com a representação das duas empresas e nelas esperamos obter resultados mais concretos. É de destacar que o secretário pediu que a diretoria da Embasa negocie diretamente o acordo coletivo, não deixando a cargo apenas de advogados particulares.

A Cerb se comprometeu a cobrar da Procuradoria Geral do Estado uma resposta sobre os 16 empregados (as) sem função que ficaram sem receber promoções e constituirá comissão com o Sindicato para elaborar proposta conjunta de reestruturação da empresa. Esta, depois, será apresentada ao governador Rui Costa. Também vai buscar solução para a escolha do (da) representante dos (das) trabalhadores (as) no Conselho de Administração. Outro ponto a ser debatido é o acordo coletivo.

As dificuldades na Embasa são maiores: ela não cedeu na proposta da coparticipação no plano de saúde (o secretário disse que implantar a modalidade é posição de governo), e também foi citado na reunião compensar com R$ 30,00 (antes falava em R$ 25,00). O Sindicato, por sua vez, defendeu manter a comissão do plano de saúde para discutir critérios a serem adotados na próxima licitação do contrato da operadora do plano. A questão da saúde é o principal gargalo do acordo coletivo.

O secretário Leonardo Góes disse ter interesse na solução dos problemas.  Vamos esperar que, realizadas as novas reuniões nesta sexta (27), as negociações apresentem resultados mais concretos.